Migração por SSH

Sabia que existe uma forma muito mais rápida de migrar sites?
Você só precisa ter acesso SSH à sua nuvem na Infinite e ao painel de controle da sua antiga hospedagem.

1. Na sua antiga hospedagem, acesse o gerenciador de arquivos.

2. Selecione a pasta public_html e no menu superior clique em Compactar.

3. Será aberto um popup. Em tipo de compactação, selecione Arquivamento TarGZiped e no caminho, aponte para /public_html/public_html.tar.gz. Aguarde o processo e siga os próximos passos.

4. Acesse via SSH a sua hospedagem na Infinite. Já ensinamos a fazer no conexão SSH no artigo Acesso SSH.

5. Entre na public_html utilizando o comando:

cd public_html

6. Execute o comando:
wget --retry-connrefused --waitretry=1 --read-timeout=20 --timeout=15 --tries=200 http://seusite.com.br/public_html.tar.gz
7. Assim que o processo for finalizado, entre no gerenciador de arquivos, selecione o arquivo que fora compactado e no menu superior clique em Extrair, será aberto um popup onde deverá setar o caminho para /public_html. Aguarde o processo ser finalizado e siga os próximos passos.

Agora é necessário que corrija as permissões de todos os arquivos. Para isso:

8. Caso já esteja na public_html, ignore este passo. É importante que na conexão, você esteja na public_html, para isso, rode o comando:

cd public_html

9. Agora, volte ao terminal onde ainda está conectado ao SSH da Infinite e rode o seguinte comando.

Pronto! Agora basta configurar seu banco de dados. Siga os passos abaixo:

10. No cPanel, vá na seção #banco de dados, procure por bancos de dados mysql®.

11. Em Criar novo banco de dados, coloque um nome para o banco de dados e clique em criar banco de dados. Será aberto uma página de confirmação, nela, clique em Voltar.

12. Nesta página, busque por Usuários do MySQL > Adicionar novo usuário e preencha o usuário e senha. Guarde esses detalhes, pois, precisará no futuro. Será aberto uma página de confirmação, nela, clique em Voltar.

13. Agora, busque por Usuários do MySQL > Adicionar usuário ao banco de dados. Selecione o banco de dados e usuário anteriormente criados e clique em adicionar.

14. Agora, volte ao cPanel, e na seção #banco de dados, procure por phpmyadmin ou adminer (dependendo do servidor contratado).

15. Selecione o banco de dados que foi criado anteriormente. E logo após clique em Importar, opção presente no menu superior.

16. Na seção File to import, clique no botão Escolher arquivo e selecione o arquivo.sql que foi baixado anteriormente e clique em Executar.

Qual aplicação você usa?

WordPress

1. Na public_html, encontre o arquivo wp-config.php, selecione-o e no menu superior, clique em Editor de códigos.

2. Será aberto um pop-up. Ignore tudo e clique em Edit.

Você verá um código como esse:

// ** Configurações do MySQL – Você pode pegar essas informações com o serviço de hospedagem ** //
/** O nome do banco de dados do WordPress */
define(‘DB_NAME’, ‘nome_do_banco_de_dados’);

/** Usuário do banco de dados MySQL */
define(‘DB_USER’, ‘usuario_do_banco_de_dados’);

/** Senha do banco de dados MySQL */
define(‘DB_PASSWORD’, ‘senha_do_banco_de_dados’);

3. Agora, basta configurar o nome do banco de dados, o usuário e a senha, de acordo com os dados que você colocou anteriormente na criação do banco de dados.

Joomla

1. Na public_html, encontre o arquivo configuration.php, selecione-o e no menu superior, clique em Editor de códigos.

2. Será aberto um pop-up. Ignore tudo e clique em Edit.

Você verá um código como esse:

public $host = ‘localhost”;

public $user = ‘usuario_do_banco_de_dados”;

public $password = ‘senha_do_banco_de_dados”;

public $db = ‘nome_do_banco_de_dados”;

3. Agora, basta configurar o nome do banco de dados, o usuário e a senha, de acordo com os dados que você colocou anteriormente na criação do banco de dados.

OpenCart

1. Na public_html, encontre o arquivo config.php, selecione-o e no menu superior, clique em Editor de códigos.

2. Será aberto um pop-up. Ignore tudo e clique em Edit.

Você verá um código como esse:

define(‘DB_DRIVER’, ‘mysql’);
define(‘DB_HOSTNAME’, ‘localhost’);
define(‘DB_USERNAME’, ‘usuario_do_banco_de_dados’);
define(‘DB_PASSWORD’, ‘senha_do_banco_de_dados’);
define(‘DB_DATABASE’, ‘nome_do_banco_de_dados’);
define(‘DB_PREFIX’, ‘oc_’);

3. Agora, basta configurar o nome do banco de dados, o usuário e a senha, de acordo com os dados que você colocou anteriormente na criação do banco de dados.

4. Em public_html/admin, encontre o arquivo config.php, selecione-o e no menu superior, clique em Editor de códigos.

5. Será aberto um pop-up. Ignore tudo e clique em Edit.

Você verá um código como esse:

define(‘DB_DRIVER’, ‘mysql’);
define(‘DB_HOSTNAME’, ‘localhost’);
define(‘DB_USERNAME’, ‘usuario_do_banco_de_dados’);
define(‘DB_PASSWORD’, ‘senha_do_banco_de_dados’);
define(‘DB_DATABASE’, ‘nome_do_banco_de_dados’);
define(‘DB_PREFIX’, ‘oc_’);

6. Configure o nome do banco de dados, o usuário e a senha, de acordo com os dados que você colocou anteriormente na criação do banco de dados.

Magento

1. Em public_html/app/etc, encontre o arquivo local.xml, selecione-o e no menu superior, clique em Editor de códigos.

2. Será aberto um pop-up. Ignore tudo e clique em Edit.

Você verá um código como esse:

<host><![CDATA[localhost]]></host>
<username><![CDATA[usuario_do_banco_de_dados]]></username>
<password><![CDATA[senha_do_banco_de_dados]]></password>
<dbname><![CDATA[nome_do_banco_de_dados]]></dbname>

3. Agora, basta configurar o nome do banco de dados, o usuário e a senha, de acordo com os dados que você colocou anteriormente na criação do banco de dados.

ScriptCase

1. Em public_html/_lib, encontre o arquivo prod.conf e remova-o;

2. Acesse o ambiente de produção pelo navegador (_lib) e crie uma nova senha;

3. Modifique a conexão já existente (não mude o nome), apenas altere o usuário e senha do BD de acordo com os dados que você colocou anteriormente na criação do banco de dados;

4. Acesse a administração do ScriptCase e troque a senha do administrador.

 

Fechar Menu